Perguntas e Respostas

Perguntas mais frequentes.

1 - O que é pintura mediúnica?
Como o próprio nome sugere, é a realização de uma pintura ou desenho através da mediunidade.

2 - E o que é mediunidade?
É uma faculdade natural, comum a todos os seres humanos, indistintamente de credo, raça ou cor, latente em alguns e patentes em outros. Portanto, todos nós encarnados somos médiuns, cada um no seu grau de desenvolvimento educacional, que utiliza esta faculdade como intermediário entre o mundo visível e o invisível, devendo sempre ser empregada para assegurar o triunfo do bem, da caridade e da vontade.

3 - A mediunidade é do espiritismo?
Não. A mediunidade é da humanidade, portanto, todos nós seres humanos a possuímos.

4 - Como posso saber se tenho mediunidade de pintura? Como desenvolvê-la?
Em primeiro lugar a sua aptidão dominante. Não se deve oscilar entre as muitas faculdades que se apresentam. Consulte o seu intimo e sinta o que realmente deseja, e se é isso que você quer. E deixe a faculdade eclodir no seu tempo devido, não se esquecendo que em termos de mediunidade não se começa pelo fim. O estudo é a base. O exercício metódico e constante. Disciplina e anonimato. Preparação psicológica e espiritual, tudo para suportar o preço da fama, e as criticas. O bom senso nos mostra o lado dourado, dos elogios, dos aplausos, dos sorrisos e tapinhas nas costas, mas, do outro lado temos que perceber a existência palpável da inveja, do ciúme, do despeito e do solitário caminho a trilhar. Portanto, a reposta está dentro de você, não queira forçar um espírito ou médium a dizer o que deve fazer. Você é quem sabe a arvore que é, se for boa, bons frutos com certeza dará.

5 - Você já foi procurado para ajudar alguém a desenvolver a faculdade da pintura mediúnica?
Centenas de vezes. E que hoje eu não faço mais por orientação dos espíritos pintores conforme explicação já dada em pergunta anterior. Sempre após as apresentações aparecem os candidatos á pintura mediúnica, afoitos e entusiasmados pelo clima da energia alegre, e que os classifico como médiuns de pintura mediúnica de três obras: ou seja, uma para presentear a sua mãe, outra para o centro espírita e a outra para cobrir o buraco da parede da sala de sua casa. Portanto, pode te existir a possibilidade de se tornar pintor ou pintora mediúnica, mas, os espíritos já sabendo que não haverá continuidade, nada fazem, por serem considerados médiuns improdutivos.

6 - Quando um médium inicia o seu desenvolvimento já aparece um espírito pintor famoso?
Geralmente não! O que sabemos é a presença de um professor de pintura que antecede os mestres da pintura ensinando estilos de cada autor, e desenvolvendo a parte mecânica dos braços. Em particular e na maioria dos casos desenvolvidos este professor é sempre um chinês, no meu caso o Sun Kin Gi (Kingi).

7 - Tendo conhecimento de pintura na vida atual o médium ajuda o espírito?
Sim. Todo conhecimento é importante.

8 - Como aumentar a afinidade com os espíritos pintores?
Não só com os pintores, mas como todos os espíritos bondosos, uma maneira exigida pelo meu professor era de que eu deveria procurar e estudar a biografia de cada um. Quanto mais conhecemos a sua dor, a sua fragilidade, a sua cultura, o seu amor, a sua moral, a sua bondade, cria-se um laço maior de afinidade. Cada descoberta é um degrau que avançamos e nos unimos cada vez mais.

9 - Todos os espíritos pintores estão na mesma faixa vibracional?
Não! Cada um está numa faixa, portanto, em colônias espirituais na maioria das vezes, diferentes. Se unem no propósito do trabalho, divulgando a filosofia espírita, e demonstrando que a morte não existe, e que continuam vivos na pátria espiritual.

10 - Todos se transformaram em espíritos bondosos e inteligentes?
Vamos esclarecer. A morte da matéria não dá ao espírito o privilegio ou milagre de se tornar bondoso e inteligente. Ele carrega consigo todas as suas virtudes, mas também todos os seus vícios. É através da reencarnação que o espírito evolui moral e intelectualmente. Portanto, cada um está numa evolução de bondade e de inteligência.

11 - Os espíritos pintores continuam na espiritualidade?
Alguns sim, outros não! A pintura não é o essencial, ela faz parte do principio evolutivo.

12 - Quando um espírito pintor está pintando através de um médium, como se dá esse intercâmbio?
Algumas pessoas pensam que o espírito pintor pega na mão do médium para pintar.
Na verdade não é assim. Ele se utiliza do mecanismo mediúnico e se liga através do chacra frontal ao sistema nervoso e intelectual do médium. Os impulsos mecânicos são feitos através do sistema nervoso, e quando necessário utiliza-se o intelectual para observar cores, formas, tamanhos e orientação ao médium ou para o público.

13 - Pode existir pintura mediúnica inconsciente?
Pode. Entretanto, hoje predomina a semi-consciente, ou seja o médium tem responsabilidade igual a do espírito pintor.

14 - Pode escolher com antecipação os espíritos pintores que irão fazer parte da equipe de um médium em desenvolvimento?
Jamais! O que posso dizer é sempre a mesma máxima: orai e vigiai. E que sejam sempre despretensiosos.

15 - Quando da realização da pintura mediúnica, pode pedir para que venha este e não aquele espírito pintor?
Nada impede de pedir! Daí a ser atendido é outra coisa. Na verdade, o telefone toca de lá pra cá. Portanto, esse pedido dificilmente será atendido.

16 - Pode vários espíritos pintores participarem de uma única obra?
Pode. Entretanto não é comum. Muitas vezes um começa a pintura e outro termina.

17 - E a assinatura? Quem irá assinar?
Normalmente o espírito pintor que finalizou a obra é quem assina. Há também casos registrados em que os dois assinaram a mesma obra.

18 - Há diferença entre a cor clara e o preto, ou seja, o preto identifica o mal?
Não. Nada existe a respeito. A cor obtemos através da luz, portanto, todas as cores merecem a nossa consideração. A superstição do preto é herança do passado nos induzindo a erro entre a treva e a luz. Como também o violeta está ligado aos funerais, e, no entanto, na espiritualidade é a cor que mais possui força energética.

19 - Os pintores irão reencarnar um dia. Em caso positivo como fica a pintura mediúnica?
Claro que vão reencarnar um dia, e para alguns não está longe este dia. Quanto à pintura mediúnica, ela continua sem intersecção, uma vez que muitos pintores fazem parte de muitas equipes, e que, estão aguardando sua vez para colaborar na divulgação de nossa filosofia espírita, provando que a vida continua, e que, a comunicabilidade entre os dois mundos é perfeitamente viável.

20 - Pode um espírito zombeteiro se apresentar como um mestre da pintura?
É o que mais temos. Razão pela qual eu já disse: - estudem. Conhecendo a classificação dos espíritos, pela sua obra podemos saber se é bondoso ou brincalhão. Há um ditado em família que sempre citamos para os casos em que nos surpreendemos pelo seu resultado, seja ele qual for: - " Boi preto procura sempre boi preto". É a lei da afinidade.

© 2013 Orlando Padovan. Todos os direitos reservados
Trabalho Filantrópico
Criação e desenvolvimento:
EstudioHS